quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011

fóculporto 0 - 2 SL BENFICA

Mamem corruptos!!!
Um jogo excelente no capítulo da entrega, atitude, querer e raça! Senti o espírito de corpo neste BENFICA, pressão alta, defesa compacta e um bloco a varrer todo o campo.

Começámos da melhor maneira quando o Fábio marcou o primeiro golo, jogada de insistência e soubemos aproveitar o erro do adversário, poucos minutos depois, o Tanque Javi Garcia selou o triunfo com um remate a 100km/h e tranquilizou definitivamente a equipa para um resto de jogo que se previa calminho, não fosse o boi preto inventar, como inventou na expulsão do Fábio, 2 faltas de caracacá, 2 amarelos e toma lá o vermelho. Devia estar com medo que lhe mandassem servir o jantar... Incrível como o Belluschi acaba o jogo, mas é mais do mesmo...

Obrigado BENFICA por esta demonstração de força, querer e profissionalismo. Estamos com um pé no Jamor e isso é o mais importante.

Não querendo individualizar a excelente exibição de toda a equipa, tenho de identificar 3 situações, a primeira prende-se com a exibição sólida do Sidnei que esteve à altura do que se pede a um jogador que actue no eixo da defesa, em segundo lugar a exibição do Nico Gaitán, que Senhor Jogador, defendeu, atacou e fez 90 minutos sempre em alta rotação, finalmente e não menos importante, a grande exibição do César Peixoto, sempre achei que não é jogador para o BENFICA, mas hoje esteve impecável, irrepreensível tacticamente e secou um tal de incrível que dizem que é de outro planeta, que diga-se de passagem, hoje fez mais daquilo a que nos habituou, ou seja, zero.


PS I - O Cebolinha antes de entrar estava cheio de comichão no nariz... Deve ser do pó do estádio...

PS II - Parabéns a todos os adeptos do GLORIOSO que fizeram com que a nossa equipa se sentisse em casa!

PS III - Viram o Jaquim Oliveirinha a meter os cornos na palha quando estavam com 2 bolachas lá dentro? Repararam no antro de estrume que estava na zona VIP?

3 comentários:

  1. Grande Jogo de Sidnei, Gaitan e......Peixoto
    Grande lição tactica de Jesus perante um miudo que substimou o adversario e teve as merecidas consequencias

    ResponderEliminar
  2. Nesta hora, sinto a necessidade de repetir aquilo que disse no meu blogue e peço desde já desculpa por começar desta forma grosseira, entendam isto como um desabafo depois de vivido um jogo com esta intensidade: "CONTINUEM A ASSOBIAR O CÉSAR PEIXOTO, CONTINUEM" e ainda dedico este triunfo, a todos aqueles, que numa fase menos boa, no princípio da época, pediam já a cabeça de Jorge Jesus, contestando tudo e mais alguma coisa, com uma leviandade de bradar aos céus, ESCONDAM-SE AGORA.
    Foi sem dúvida um triunfo categórico e inequívoco do Benfica, claramente a melhor equipa em campo, mesmo quando esteve 30 minutos com 10 unidades, com um banho táctico dado pelo graúdo ao miúdo e mostrando a sua alma, o querer e a ambição.

    ResponderEliminar
  3. Impressionante aquela expulsão do Coentrão. Dá a sensação que foi encomendada no intervalo... Ele que era o melhor jogador em campo do momento e o pulmão ofensivo... Foi só aproveitar o facto de ter 1 amarelo para lhe aplicar outro... Porque o Cesár Peixoto a seguir fez 1 falta bem pior e nada levou...Também não tinha nenhum amarelo, senão o arbitro aproveitava e expulsava mais 1...

    O mais flagrante foi a situação do Belixo de clara agressão e passou impune...

    ResponderEliminar